Olhar com o coração

Ciao,

Um dos assuntos que mais converso com outras pessoas que têm escoliose é em relação à autoestima, ter vergonha de mostrar o corpo, de mostrar o colete, de usar uma roupa mais justa. Acho que de todos os pontos relacionados ao tratamento da escoliose esse é um dos mais importantes, se não o mais. Aceitar-se e aceitar tudo que virá pela frente, determina e muito o resultado de um tratamento de escoliose e eu sou prova disso. É muito, mas muito fácil, alguém de fora te falar para aceitar, que não precisa ter vergonha, mas só quem está ali, usando um colete ou com cirurgia e tendo que conviver com essas curvinhas, é que sabe tudo que passa pela cabeça, todas as inseguranças e medos! Fui muito feliz desde que descobri a escoliose pois nunca sofri nenhum tipo de preconceito, tanto no colégio como em outros lugares. Perguntas e curiosidades sempre existiram, mas sempre com muito respeito e aceitação. Porém, na maioria das vezes isso não acontece, muitas meninas e meninos com escoliose já sofreram e sofrem preconceito sim, seja devido ao colete, ao formato do corpo, à cicatriz de cirurgia, etc. O meu objetivo toda vez que faço essa caminhada na praia, onde meu colete fica mais exposto do que nunca, é mostrar que não importa o que os outros pensarão de ti, a única coisa que importa é você ser feliz, aceitar, agradecer e deixar fluir. Esse passeio foi extremamente especial pois aconteceu algo lindo. Enquanto minha mãe tirava algumas fotos, um menino de mais ou menos 6 anos, se aproximou, olhou pra mim sorrindo, pegou a minha mão e deu um beijo. Eu, totalmente surpresa e encantada com aquilo, também dei um beijo na mão dele e disse que ele era fofo e especial demais. Obviamente ele viu que eu estava diferente das outras pessoas, e qual foi a reação dele? Um gesto de carinho e amor, gesto de criança que só tem bondade no coração. São nessas pessoas que nós devemos pensar, por elas que devemos fazer acontecer, por essas pessoas de bem. E se por um acaso fizerem comentários infelizes, a melhor opção vai ser sempre o perdão e ter a certeza e a segurança de que você nunca estará sozinha ou sozinho, que existem muitos passando pelo mesmo e que maldade nenhuma atinge quem vibra na frequência do amor ❤️ 

Eu estou sempre aqui para qualquer dúvida e buscando cada vez mais mostrar o lado positivo de ter escoliose, buscando cada vez mais mostrar que a beleza mora dentro de nós, no nosso coração e isso ninguém no mundo pode tirar 🥰

Com amor,

Tetê

Anúncios

Parte de quem eu sou

Ciao,

Seguindo a vibe do último post falando sobre o uso do colete, segue as fotos com esse vestido que mostra o colete. Já tive vergonha sim de deixar ele aparecendo, mas com o tempo fui amadurecendo e percebi que esse era um peso que não precisava mais carregar e a partir do momento que eu assumi que TINHA ESCOLIOSE, QUE EU USAVA UM COLETE e isso não me fazia diferente de ninguém, tudo ficou bem mais leve e mais fácil de lidar!

Vestidito que por ser bem aberto nas costas, ajuda a amenizar o calor nesse verão!

Espero que gostem 🙂

Com amor,

Tetê

 

Conhecendo a Paulista

Ciao,

Sempre fico muito feliz quando recebo mensagens de meninas falando a respeito do auxílio do blog na vida delas. Cada palavra toca meu coração de um jeito extremamente sincero, que emociona muito e me motiva a buscar ajudar sempre mais.

Pensando nesses mensagens cheias de amor que recebo, pensei em retribuir do meu jeitinho: usando meu colete por cima da roupa, em um dos meu lugares preferidos da vida, a Av. Paulista. Isso aconteceu no feriado do dia 01/05, portanto a Paulista estava aberta para os pedestres!

Percebi que várias pessoas comentavam: “o que essa menina tá usando?”. Isso me deixava imensamente feliz, pois estava podendo mostrar uma realidade que é muito comum mas não tão discutida como deveria. Também, porque me senti muito à vontade, sem vergonha alguma, e o melhor: recebi muitos sorrisos e não percebi olhares de reprovação, apenas de curiosidade, o que é extremamente normal e compreensível.

Quem cria nossa realidade, o que queremos viver e experienciar somos nós mesmxs. Crie a realidade que vá te fazer feliz, crie por você, para você, ame, seja gratx e as bençãos virão instantaneamente {em qualquer área da sua vida}. Nesse dia, me senti assim, feliz, abençoada por poder ser e mostrar quem  eu realmente sou, sem ter medo ou vergonha, aceitando e agradecendo. Abençoada por poder compartilhar esse momento com vocês e talvez poder ajudar quem passa pela mesma situação ou por outra similar!

Seguem as fotinhos tiradas na Casa das Rosas!

 

Com amor,

Tete

 

 

Easter mood

Ciao,

Páscoa é sempre especial e, como de costume, com o meu coletinho dando o ar da graça 💕

Vim para minha cidade nesse feriado e aproveitei pra fotografar e postar por aqui!

Esse vestido é todo soltinho, ficando bem confortável para usar com o colete, que é o que realmente importa, conforto sempre! A manga fofa e os bordados dão uma vida pra ele 🌹🌷🌻

Espero que gostem!

Com amor,

Tete

 

Oi, sumido

Ciao,

com colete que já estava sumido por aqui voltou a dar o ar da graça hahah! Como já falei algumas vezes, eu realmente não me importo de deixar meu colete aparecendo, e essa roupa é um exemplo disso. Pra ser bem sincera, eu acho muito fofinho hehe!

No início do uso do colete, eu fazia mil e uma artimanhas para disfarçar, mas com o tempo, percebi que isso não ia me tornar diferente de ninguém, e passei a me orgulhar MUITO do meu melhor amigo!

Esse vestido é super leve, solto e bem fresquinho então te deixa bem a vontade com o colete. Sim, eu sei que no verão o calor é um fator bem complicado e que dificulta MUITO o uso. Só quem usa sabe como é ter que caminhar num sol de 30°C usando colete. Por isso, opções como essas são sempre uma ótima saída.

Estou usando minha palmilha, de lei haha! Pra mim faz muita diferença mesmo, ajuda muito na questão da rotação e na minha percepção em relação ao alinhamento do meu corpo.

Seguem as fotos, espero que gostem e que ajude vocês ❤

 

Com amor,

Tete

Long skirt “bee” like

Ciao,

Ainda na vibe saias, montei esse look do dia praticamente todo azul. Essa saia tem duas fendas laterais e uma estampa de abelha super fofinha, me senti super confortável para usá-la com o colete. Como sempre falo, saia é um coringa e tanto para nós. Blusa bem básica, que já deu o ar da graça aqui antes, assim como essa jaqueta jeans super hiper mega quentinha e gostosa de usar.

O colar e a pulseira, com essas flores pintadas num espelho, ajudaram a deixar a composição mais romântica!

Espero que gostem,

Com amor,

Tete

Mamma’s

Ciao,

Sim, eu sempre assalto o guarda-roupa da minha mãe e acho várias coisas diferentes, esse casaco de lã de 22 anos atrás é um exemplo disso. Bem grandão, super confortável, quentinho e com uma estampa e “botões”/ganchinhos que são uma delicadeza só.

O colar de folha mega delicado combina com os detalhes verdes do casaco, e a saia de veludo com os botões na parte da frente tá super usada agora e eu amei essa moda, porque dá um toque meio vintage. Esse modelo em especial é ótimo, consigo usar tanto com como sem o colete, pois o tecido tem uma elasticidade que se adapta bem às duas situações. Usei uma blusa cinza clara embaixo para dar um contraste já que o resto do look tem peças de cores escuras.

Espero que gostem!

Com amor,

Tete

Squirrel necklace

Ciao,

Estou aproveitando esses últimos dias de férias para montar vários looks e postar por aqui. Esse segue o combo de sempre e que super funciona com o colete para os dias mais frios: meia calça + blusão + saia. Essa saia jeans rasgada dá um ar mais descontraído. Outro detalhe legal é o fato de ela ser mais comprida atrás.

Fiz um coque porque meu cabelo acordou de mal com a vida e o jeito de ajeitá-lo era só dessa forma mesmo hahaha.

 

Espero que gostem!

Com amor,

Tete

Skirt lover

Ciao,

Pelo título já deu pra perceber que to amando usar saias ultimamente, em especial as mais compridas. Me sinto super confortável com o colete e também me sinto bem “Tete” hahaha. Não ter vergonha de mostrar quem somos nos torna únicos, e não seguir um padrão ou uma moda se estes não tem nada a ver conosco.

Quanto ao look com colete: blusa bem largona, as always, e a cor combina com as estampas da saia. O calçado eu to amando muito porque eu nunca me acostumei a usar salto no dia-a-dia, mas esse modelo, além de ser mais informal é super confortável tanto para os pés como para a coluna. {sempre prefiram saltos mais grossos pois eles não exigem tanto das costas}.

Espero que gostem,

with love,

Tete

Jeans, cor e flor

Ciao,

Look de hoje é  para falar dessa calça que apesar de ter um bordado bem colorido, se usada com os complementos certos pode ser bem versátil. O bordado em jeans começou nos anos 70 com o movimento hippie e desde o ano passado voltou com toda força. Essa em especial é do modelo “MOM”, que tem um cós mais alto e para quem usa colete ajuda bastante.
Usei um blusão bem solto, confortável, para ficar bem a vontade com o colete. O cabelo preso dá um ar mais fofinho, e pela foto da pra ver que é moleza fazer. Deixo os grampos aparecendo mesmo! A bolsa verde e os acessórios combinam com o bordado da calça! Esse modelo de sapatilha é ótimo, fica bem de dia e também com uma roupa mais elaborada para sair de noite!

 

 

 

Espero que gostem!

Com amor,

Tete