Catia Pestana

Ciao,

O depoimento que trago hoje vem diretamente de Portugal, de uma guerreira super mega alto astral que foi querida demais me mandando algumas fotos e escrevendo essas palavras de incentivo para todxs nós que vivemos com essas curvinhas ou com cicatriz!

“Antes de mais, parabéns a todos nós guerreiros. A minha escoliose surgiu quando eu tinha 15 anos. Actualmente tenho 39 anos. Ao início foi muito difícil aceitar a curva (fase de adolescência, ser diferente, não saber o que vestir e vergonha de andar na rua e que as pessoas reparassem no meu problema. Contudo, tive sempre a minha família me apoiando. Nunca fiz cirurgia, porque moro numa Ilha (Ilha da Madeira que pertence a Portugal), onde na altura, a minha escoliose era uma incógnita para os médicos). Não tive possibilidade financeira de sair da Ilha para procurar conselhos de especialistas peritos na área. A idade foi avançando e aprendi a gostar de mim e da minha curva. De vez em quando vou abaixo, mas ultrapasso esse momento menos bom, me lembrando sempre que existe sempre alguém pior que eu (lutando pela vida e a morte; pessoas que já tiveram visão e a perderam; pessoas sem membros; pessoas paraplégicas; pessoas lutando por doenças). E um bem haja a estas pessoas! Levanto-me a aplaudo as mesmas por enfrentarem problemas sérios de saúde e às que infelizmente por diversas circunstâncias deixaram de poder andar, ver, etc…! Parabéns a todos os guerreiros portadores de escoliose e não só!
Não sabia que fotos escolher, escolhi várias… fotos entre amigas(os), sozinha, do meu raiox, do meu melhor amigo e namorado (a pessoa que me aceita como sou e me apoia em todos os momentos e cuida de mim sempre), a foto com o meu cão que infelizmente faleceu com 1 ano de vida e faz-me imensa falta, enfim…. fotos que fazem gostar de mim. Fotos que podem servir de apoio às adolescentes que passam pelo o que eu já passei. Que lhes sirva de exemplo que não devemos esconder as nossas curvas e não nos descuidarmos do nosso visual. Com 39 anos, sinto-me linda. E gostava que todas as meninas se sentissem assim. Que não esperassem tantos anos como eu esperei, para perceberem que são lindas. Um grande beijo de alma e coração a todos Vós! ❤💙 ”.

Catia querida! És uma inspiração de positividade para todos nós! Obrigada do fundo do meu coração pelo depoimento!

With love,

Tete

 

Anúncios

Bolo Verde

Ciao,

Junho verde tem que ter bolo verde, e esse pode ser de espinafre ou de couve. Juro pra vocês que até a pessoa menos saudável vai gostar hehe

Ingredientes:
– 3 ovos
– 1 xícara de farinha de amêndoas ou aveia
– 1/2 xícara de óleo de coco ou azeite de oliva
– 1 pitada de sal e de pimenta
– 2 folhas grandes de couve folha ou espinafre
– 1 colher de sopa de fermento

Instruções:
Pique a couve ou o espinafre e processe todos os ingredientes no liquidificador. Por último coloque o fermento.
A massa fica molinha mesmo, se ficar muito espessa pode acrescentar um pouco de água!
Despeje em uma forma untada e leve ao forno pré-aquecido 180º por 20 minutos.

Fica delis demais e é mega saudável!

With love,

Tete

 

 

 

 

Junho de 2018

Ciao,

Junho de 2018 chegou, o mês mais lindo do ano na minha opinião hehe! Eu não poderia deixar de escrever umas palavras a respeito dessas curvinhas que me acompanham há seis anos e que são o motivo pelo qual pude aprender e continuar aprendendo tanto.

Eu me orgulho muito da minha escoliose porque, sim, ela foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida. Me ensinou tanto, fez com que eu conhecesse pessoas tão incríveis, lugares tão lindos, fez com que eu desse valor para aquilo que antes eu não dava, e em todos os momentos de tristeza, das mais diversas situações, ela me faz lembrar dos motivos que realmente são passíveis de sofrimento. Ela me ensina a evoluir a cada dia e é por isso que eu sou grata a ela, sou grata a cada machucadinho que já tive com o colete, sou grata a todos os momentos e etapas do tratamento sou grata por ter escoliose e sou grata por ela ser parte de mim 💚

Sim, existem momentos de tristeza, momentos em que eu quero desistir de tudo, momentos que eu realmente me pergunto se tudo vale a pena. Mas então, por mais inacreditável que pareça, em vários desses momentos eu recebia uma mensagem de alguém falando sobre como o blog estava ajudando, falando para eu seguir firme e não desistir. E assim eu percebia, que os momentos tristes e de incertezas não são NADA perto das coisas boas e perto do que eu posso ajudar. Ter escoliose não é um mar de rosas, podem ter dores, indecisões, revoltas, machucados.. mas temos que aprender que são esses percalços, por vezes necessários e inevitáveis, que nos ajudarão a evoluir, e que esses percalços SEMPRE passam, comigo foi e é assim! Eu uso desses percalços como um impulso, um impulso para lutar sempre mais,  para lutar sempre pela melhora das minhas curvinhas!

É por isso que eu falo com toda a certeza do mundo: EU TENHO ORGULHO DA CURVA QUE ME FORTALECE.

Se você tem escoliose, cirurgia ou conhece alguém que tenha e se sente à vontade para falar sobre isso, convido a postar uma foto (usando #EuTenhoOrgulhoDaMinhaCurva ou #EuTenhoOrgulhoDaMinhaCicatriz) que represente sua história e trajetória com essas curvinhas. Não precisa ser necessariamente uma foto das suas costas, pode ser uma frase, uma paisagem, o seu raio x.. enfim! Basta ser representativo e importante pra você 💚 Vai ser lindo reunir todas essas postagens no final desse mês (to até imaginando o textão aqui 😂), por isso divulguem pra quem vocês conhecerem 🤗

VEM JUNHO E ILUMINE TODXS NÓS!

With love,

Tete

PS: Arte da minha linda Bianca Vicini Bonotto